Cabelos

Recarga de Queratina: 5 dicas para você saber se está na hora de fazer

Por: BEAUTYCOLOR 20 de outubro de 2021

Você sabia que a recarga de queratina é um tratamento que age de dentro para fora, repondo nutrientes e fechando as cutículas? Confira aqui 5 dicas

Tempo de leitura:   3 minutos

Recarga de Queratina: 5 dicas para você saber se está na hora de fazer

A recarga de queratina é um tratamento que age de dentro para fora, repondo nutrientes e fechando as cutículas que foram abertas por processos químicos como descolorações e alisamentos.


Muitas já conhecem os benefícios da queratina, mas será que essa recarga pode ser feita por qualquer pessoa? No post de hoje você aprenderá a identificar se o seu cabelo está precisando do tratamento. 


Confira agora conosco.


É hora de fazer uma recarga de queratina quando seu cabelo:


1. Está muito ressecado


Você não abre mão do secador, da chapinha, do babyliss, e os seus fios andam ressecados e sem vida? Fazer uma recarga de queratina é uma excelente ideia. A sugestão é fazer essa recarga mensalmente para devolver a vitalidade aos cabelos.


As fãs do secador que têm cabelos cacheados e crespos são outras que sofrem com o ressecamento, já que o formato em espiral dos fios impede que a oleosidade chegue até as pontas. Então, a recarga de queratina também é uma ótima ideia.


2. Está quebradiço e com pontas duplas


Procedimentos químicos, como alisamentos e descolorações, abrem a cutícula dos fios, deixando-os porosos e dificultando a absorção de água, resultando em cabelos quebradiços, com pontas duplas e sem vida.


Nesse caso, a recarga de queratina é indicada quinzenalmente para repor a água perdida, selar as cutículas do cabelo e deixá-los mais fortes. O ideal é que o tratamento faça parte de um cronograma capilar e seja intercalado com máscaras de hidratação e nutrição.


3. Perdeu o brilho


Seu cabelo está sem brilho, fragilizado e poroso? Então, a recarga de queratina é uma excelente ideia para devolver a vitalidade perdida. Nesses casos, geralmente os fios ficam mais fracos e sem volume, devido à porosidade, e o tratamento auxilia na reposição de massa e no fortalecimento do cabelo.


Nos casos mais graves, quando os fios estão muito fragilizados, é possível apostar no tratamento semanalmente, espaçando as aplicações na medida em que eles vão se recuperando.


4. Embaraça demais


Você leva muito tempo tentando desembaraçar os cabelos? Isso costuma acontecer com frequência com quem está com os fios fragilizados e mais finos.


Nesses casos, a recarga de queratina pode ajudar a fechar a cutícula e fortalecer os fios, o que diminui o problema. Aposte no tratamento quinzenalmente, sempre espaçando as aplicações na medida em que o cabelo vai se tornando mais forte.


5. Está com muito frizz


Por mais que você hidrate o cabelo e invista em produtos para domar o frizz, os fiozinhos espetados teimam em aparecer em grande quantidade?


Pode ser um sinal de que seu cabelo está sofrendo com o ressecamento excessivo e, por estar com as cutículas abertas, não absorve os tratamentos que você está aplicando.


Nesse caso, a recarga de queratina realizada quinzenalmente age repondo a hidratação perdida e fechando as cutículas, o que garante maior absorção de máscaras de nutrição e outros tratamentos.



Cuidado! Dica importante.


Independentemente de quão ressecado e fragilizado o seu cabelo esteja, é importante lembrar que a recarga de queratina não deve ser utilizada em excesso, pois o efeito pode ser o contrário: em vez de bonitos, brilhantes e saudáveis, os fios ficam pesados, opacos e ressecados. Então, nunca abuse do tratamento, pensando que isso fará os fios se recuperarem mais rapidamente.


Agora que você conhece mais sobre a recarga de queratina e sabe a hora certa de fazer, que tal saber mais sobre a Queratina BEAUTYCOLOR? 


Experimente e descubra tudo o que ela pode fazer pela saúde e beleza dos seus fios.

PRODUTOS DO POST

Por: BEAUTYCOLOR

POSTS RELACIONADOS


SIGA A BEAUTYCOLOR NO INSTAGRAM

VISITAR INSTAGRAM

Quando você acessa este site, podem vir a ser coletados alguns dados relacionados ao seu dispositivo, bem como cookies, a fim de que possamos operacionalizar os nossos sistemas e fornecer conteúdos personalizados para você. Para aceitar, clique no botão